Para sempre 37 anos

Francisco Leitão, 18 de Fevereiro de 2010 18:13

“Onde é que estavas no 25 de Abril?” A frase popularizou-se por graça televisiva, mas não deixa de ter um significado profundo. Para a geração que hoje está na casa dos 40/50 anos de idade, a data foi tão marcante que todos, ou quase, se recordam de onde estavam, com quem estavam e como viveram os acontecimentos.

Para quem não tem memória dessa data, por ser ainda muito novo ou nem sequer ter nascido – ou seja, aqueles que, como eu próprio, andam na casa dos 30 -, um outro acontecimento, uma outra data, foi tão significativo que justifica a pergunta.

Em 12 de Agosto de 1984, no Memorial Coliseum de Los Angeles, o Sportinguista Carlos Lopes, perante o olhar meio incrédulo do país, a muitos fusos horários de distância, conquistou finalmente aquilo que durante décadas parecera impossível – o ouro olímpico.

Todos recordamos, melhor ou pior, como vivemos a ocasião. Eu, por exemplo, estava de férias no Algarve. Com 7 anos, excepcionalmente fui autorizado a ficar acordado até de madrugada para assistir, e ainda me lembro de como tudo aquilo – a vitória, o hino, a bandeira – me pareceu quase irreal, de outro mundo, que não o do Portugal sempre aflito e derrotado que então éramos.

Culminando uma longa carreira de esforço, dedicação e devoção, Carlos Lopes, já um veterano com 37 anos de idade, alcançou a maior glória que um atleta do Sporting Clube de Portugal jamais experimentou, dando ao desporto português o seu maior feito de todos os tempos.

Ser Sporting é valorizar e estimar todo o universo do Clube. É ter amor a tudo o que é Sporting, compreendê-lo como um todo histórico-cultural, e perceber que, amputada de uma parte, a identidade da instituição deixa de ser a mesma.

Hoje, 18 de Fevereiro, o Grande Campeão Carlos Lopes cumpre 63 anos de idade. Aqui lhe prestamos homenagem, com os votos de que conte muitos mais aniversários. Mas, aos olhos de toda uma geração, ele terá para sempre os mesmos 37 anos.

10 Responses to “Para sempre 37 anos”

  1. Juvenal Carvalho diz:

    Parabéns Campeão!!!

    Tantas glórias deste a este Clube. Homens da tua têmpera precisam-se para que a cultura ganhadora se mantenha viva e não como disse o nosso Presidente que somos um Clube sem essa Cultura. O Carlos Lopes era dos que não merecia nunca ouvir isso. Ele foi e é um CAMPEÃO.

  2. Mário Marçal diz:

    Uma figura incontornável do Sporting Clube de Portugal.
    Parabéns, Carlos Lopes!

  3. Verdão diz:

    Olá Juvenal, bem vindo a este espaço que é de todos os que vêm por bem como é o teu caso.
    Quanto ao Carlos Lopes, gostava apenas de ver o clube encontrar uma solução de parceria que possibilite potenciar a nossa marca, os nossos ideais, junto das escolas e dos locais de excelência onde os miudos começam a prática desportiva.
    http://www.sersporting.org
    Abraço de Leão.

  4. Nuno Paiva diz:

    Parabéns Grande Campeão, ainda hoje uma das principais figuras do nosso Clube!

  5. Bruno diz:

    Francisco, boas recordações me trazes…
    Também eu estava no Algarve, com quase 11 anos, lembro-me de ver, juntamente com o meu irmão essa mítica vitória…
    Recordo ainda hoje a luta que foi manter-mo-nos acordados, até o nosso (Leão dos sete costados), falecido, Pai ter sido vencido pelo sono…
    Acordamos toda a gente no Clube Praia da Oura a bater tachos tal a euforia de termos visto um Sportinguista a atingir o tão desejado ouro Português.
    Esses sim eram momentos dignos da família Sportinguista

  6. AGF diz:

    Muitos Parabéns CAMPEÃO CARLOS LOPES! apesar de não me lembrar, só de “recordar” através do Bruno….arrepiante

  7. Juvenal Carvalho diz:

    Verdão,

    Onde se respire Sporting estou e estarei sempre. Afinal SER SPORTING é isso mesmo!

    Todos seremos poucos para fazer com que o nosso Clube seja grandioso. Afinal quem tem CAMPEÕES como este que hoje faz anos tem sempre que se orgulhar do passado, pensar no presente.. e ter uma infinita esperança num futuro de sucesso

  8. Jacinta diz:

    Nunca esquecerei as vitorias dele ,fez-me sempre chorar de alegria a garra de leao e o espirito ganhador sempre teve !destes homens ouveram poucos com 37 anos fez o que agora os de 20 nao fazem .tenho saudades desses tempos este homem fez erguer a nossa bandeira orgulho e a honra de ser portugues e sportinguista !!para sempre Carlos Lopes!!!

  9. Pedro Silva diz:

    Boa memória!

    Infelizmente não resisti ao sono pelo que não assisti ao vivo.

    Na manhã seguinte tive dificuldade em acreditar nos relatos até ver pelos meus próprios olhos a noticia.

    Lembro-me que nos dias seguintes repetiram a prova na totalidade tendo eu passado então as 2h9m21s à frente da televisão.

    Parabéns e muito obrigado!

  10. Luis Henriques diz:

    Caro Francisco Leitão,
    Felizmente ou infelizmente ainda tenho algumas memórias do dia 25 de Abril de 1974. As memórias desse dia 12 de Agosto de 1984 estão e estarão sempre bem presentes. Uma grande madrugada para o desporto nacional e uma grande emoção para um jovem sempre atento a tudo o que dissesse respeito ao desporto.
    Carlos Lopes representou e ainda hoje representa o expoente máximo do atletismo português. Muito do meu sportinguismo deve-se a atletas como: Carlos Lopes, Joaquim Agostinho, Livramento, etc.

    Saudações Leoninas.

Leave a Reply

Panorama Theme by Themocracy